October 1, 2019

Please reload

Recentes

Existe cerimonial do dia?

July 22, 2019

1/10
Please reload

Destaque

O mínimo e o máximo para se gastar com casamento

February 25, 2016

É importante que o casal saiba identificar com o quê realmente é importante gastar. Os noivos devem saber contornar os imprevistos para que a festa seja perfeita, independente do orçamento.

 

Antes de começar a pesquisar os preços para sua festa, é preciso entender que existem itens fundamentais e outros que podem ser descartados, tudo depende do orçamento.

 

 

 

O limite

Mesmo quando vamos comprar uma peça de roupa sabemos mais ou menos quanto queremos gastar, temos um “limite” de gastos. Por isso, para sua festa de casamento, é extremamente fundamental que você tenha em mente um máximo de valor, uma ideia do quanto seria “o limite” para gastar.

 

Despesas fundamentais

 

Espaço - decoração - buffet

 

Primeiro vocês precisam encontrar o lugar onde a festa será realizada. Se serão poucos convidados, prefira igrejas ou espaços menores. Escolhendo um local mais íntimo e menor, vocês irão gastar menos com a decoração. Isto é, menos convidados, menos despesas.

Para conseguir descobrir o espaço necessário, faça uma “pré-lista” de quem vocês desejam convidar. Dessa forma, vocês vão conseguir definir um “estilo de espaço” e encontrar uma média do valor possível para gastar com o local.

 

 

 

Os maiores gastos

 

Alguns gastos pesam mais que outros, o buffet é um deles. Gastos com fotografia e música também prevalecem como um dos itens preferidos para gastar um pouquinho a mais. Mas, é possível economizar até mesmo nesses itens extremamente caros, tudo depende da disponibilidade financeira dos noivos.

 

 

Dicas para gastar menos

 

Para gastar menos, muitas noivas optam pela simplicidade e procuram dicas na internet e alternativas de decorações feitas por elas mesmas. Alguns casamentos ficam incrivelmente charmosos e românticos com decorações simples feitas pela noiva, amigas e familiares.

Se conseguir, realize a festa e a cerimônia no mesmo lugar. Caso seu orçamento esteja muito apertado, compre as bebidas separadamente. É uma forma de não ficar refém dos buffets. Além disso, pensar em um cardápio mais simples também ajuda muito.

 

 

Qual casal vocês são?

Claro, que muitas vezes cada um é de um jeito, seu noivo é controlador e você quer gastar tudo que tem ou vice versa. Por isso, frisamos novamente a importância do casal entrar em um acordo e estabelecer juntos como será o casamento.

 

1. Casal poupador

É um casal que poupa dinheiro há um tempo. Vocês sempre pensaram em uma festona e por isso guardam dinheiro. A disciplina do casal já até causou pequenas discussões porque os dois querem que a festa seja um luxo.

 

2. Casal que gasta demais

Não conseguem controlar o dinheiro. Gastam quase tudo que ganham e não se preocupam se o dinheiro está sendo bem investido ou não. Falta planejamento.

 

3. Casal desapegado

Vocês não conferem para onde vai o dinheiro, mas tem uma noção de quanto tem de saldo e o quanto ainda podem gastar. Tem uma leve disciplina, mas não são extremamente organizados. Do jeito que está dá certo, mas seria bom ter mais atenção com os gastos.

 

4. Casal descontrolado

Não importa para onde vai o dinheiro, vocês tem, portanto irão gastar. Vocês são indisciplinados e não sabem como será o planejamento de um casamento porque vocês não conseguem planejar praticamente nada.

 

5. Casal financeiro

Sabem de tudo que se passa com o dinheiro, controlam os gastos e planejam tudo o que fazem.

 

 

Qual o maior problema?

A dificuldade vem por falta de planejamento e quando muitos imprevistos aparecem. Os noivos devem se preparar para ter um orçamento mais flexível ou seguir à risca o planejamento para não começar uma vida a dois já com dívidas.

 

Ser realista

Sonhar é bom, não é? Todos adoramos sonhar ainda mais com o grande dia, o dia do nosso casamento. Mas, quando o assunto é dinheiro, manter o pé no chão é primordial.

Depois que vocês entenderem o perfil do casamento e ter esse valor “limite” de orçamento, vocês conseguem definir com o que podem e o que não precisam gastar. Por exemplo, é mais elegante fazer uma pequena cerimônia, com champagne, fotos e uma linda lua de mel do que se endividar ao contratar um baquete luxuoso para 300 convidados.

 

Por isso, é essencial que o casal converse antes do planejamento. Juntos, vocês irão definir o estilo da festa e o que a festa “tem que ter”. Alguns casais não valorizam muito o bolo e preferem investir mais em um bom fotografo para ter lindas lembranças. Portanto, não existe uma regra geral, o casal precisa entender juntos que casamento será esse.

 

Você sabia?

De acordo com uma pesquisa revelada pela revista Exame, o custo médio de casamentos no Brasil é de 40 mil reais. O valor é referente a cerimônias para 80 a 120 convidados e inclui o preço dos principais serviços e despesas contratados para a festa, como aluguel do salão de festas, vestido da noiva, terno do noivo, igreja, decoração, bufê e o valor cobrado por profissionais de vídeo e fotografia.

 

A pesquisa também aponta que 50% dos casais gastaram mais do que o valor previsto inicialmente, que foi de 30 mil reais, em média.

 

 

 

Please reload